Davi e os Instrumentos Musicais

  • 01/03/2022
  • 0 Comentário(s)

Davi e os Instrumentos Musicais

Deus sempre decreta sua vontade em adoração; Como David, devemos ver o que Ele autoriza sob nossa dispensa.

"Por que o Rei Davi deu a si mesmo o direito de adicionar instrumentos musicais na adoração dos levitas, e por que Salomão e outros futuros reis seguiram essa adição de Davi?"

Davi cometeu vários pecados graves em sua vida, incluindo o pecado com Bateseba, seu censo repudiado por Deus, e o consumo dos pães de proposição (que Jesus disse que não era legal para ele comer - Mateus 12:4; Marca 2:26; Lucas 6:4). No entanto, em geral, ele tinha um coração dedicado ao Senhor. Como todos nós, ele tropeçou às vezes (como Abraão também). Suas falhas esporádicas provavelmente não foram uma causa de indiferença, mas de fraqueza diante da tentação e pressão do momento — novamente, como acontece conosco. Deus não ignorou tais infrações, nem queria que concluíssemos que Davi era algo "especial" e que lhe foi concedida maior liberdade ou perdão do que nós; nem queria que a gente pensasse que Ele aprovava qualquer resolução de Davi em questões de adoração. Deus sempre foi consistente em insistir que todos obedeçam às Suas leis, e Ele nunca autoriza qualquer violação da Sua lei. Por definição, violar a lei de Deus é "pecado" (1 João 3:4), e o pecado deve ser perdoado em harmonia com a prescrição divina da expiação — sem exceções.

Quanto à introdução de instrumentos musicais, a Bíblia aponta claramente que não foi Davi quem fez essa mudança, mas o próprio Deus. Leia 2 Crônicas 29:25:

Observe a ordem de autoridade neste versículo: (1) Deus, (2) o profeta Nathan, (3) o vidente Gade, e (4) Davi. Assim, Deus autorizou a introdução de instrumentos musicais (para os levitas), fazendo isso através de uma cadeia de autoridade: dele ao Seu profeta, ao Seu vidente, e depois a Davi. Então, faz sentido algumas passagens dizerem que os instrumentos foram introduzidos "por ordem de Davi". Mas esta é uma maneira usual como a Bíblia abrevia o conceito. Tudo o que a Bíblia diz sobre um determinado assunto deve ser considerado antes de chegar a uma conclusão (1 Tessalonicenses 5:21). Davi comandou/adicionou instrumentos na adoração ao templo porque o próprio Deus o autorizou. Veja também a mesma sequência em 2 Crônicas 30:12: "Em Judá também havia a mão de Deus para lhes dar um coração para cumprir a mensagem do rei e dos príncipes, de acordo com a palavra do Senhor." As autoridades intermediárias que emitiram mandamentos para o povo estavam simplesmente operando sob a jurisdição geral das instruções de Deus. Além disso, note-se que este esclarecimento responde à segunda parte da pergunta: Salomão e outros reis adicionaram instrumentos musicais desde que Deus os autorizou a fazê-lo.

Claro que, para os cristãos de hoje, a lição é reconhecer que Deus sempre agiu em harmonia com seu princípio de autoridade. Todos devem agora adorar de acordo com as instruções divinas de adoração que o Novo Testamento especifica. Quanto à adoração cristã, Deus restringiu agora toda a expressão de adoração ao canto vocal — sem instrumentos musicais (1 Coríntios 14:15; Efésias 5:19; Colossenses 3:16; Tiago 5:13).

Publicado em 28 de fevereiro de 2022 pela www.ebglobal.org. Traduzido por Moisés Pinedo. Título original em inglês, "David e instrumentos musicais", em www.apologeticspress.org.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Abba Father

Acapella

top2
2. Creat Im me

Acapella

top3
3. In Need

Acapella

top4
4. Hope of the Nations

Acapella

top5
5. Forever

Acapella

Anunciantes